3 de agosto de 2010

Cenário econômico

Nos últimos dias o iBovespa está subindo graças ao setor de siderurgia, com a expectativa de aumento na produção do aço. Enquanto isso, as bolsas nos EUA sofreram forte queda. Antigamente os EUA espirravam e o Brasil ficava de cama, mas hoje isso não acontece mais, embora ainda haja influência, mesmo que menor.

Não só bancos grandes como o Goldman Sachs, mas empresas de diversos setores apresentaram seus balanços há alguns dias, os quais foram muito aquém do esperado. Isso significa que a economia americana não está se recuperando como deveria da crise imobiliária de 2008 e da crise bancária de 2009. Dessa forma, os investidores começam a correr para a renda fixa e as ações das empresas semelhantes a essas que divulgaram seus balanços também sofrem.

Na verdade, os EUA aprenderam com a crise de 29 que, apesar de ruim, é preciso salvar os bancos em caso de uma possível depressão para evitar um pandemônio ainda maior. Seria pior deixá-los quebrar, como aconteceu há 80 anos atrás na experança de que a "seleção natural" elimine os "maus bancos" (aqueles que possuem mais passivos do que ativos, altamente ilíquidos ou insolventes). A diferença é que, ao contrário daqueles tempos, dessa vez as reformas necessárias para evitar novas crises no futuro foram muito tímidas e, teoricamente, não evitarão excessivas alavancagens no futuro próximo. Aliado a isso, os bancos salvos pelo Federal Reserve ditos "grandes demais para quebrar" se tornaram uma espécie de mortos-vivos que levarão algum tempo para se recuperarem, bem como a economia.

Agora o período é de colher a tempestade. Os bancos se desalavancarão, os EUA voltarão a crescer pouco ou até mesmo diminuir. E se os países europeus Grécia, Espanha, Portugal e Itália não conseguirem dominar suas dívidas, uma crise irá contaminar os bancos da Europa e poderemos pensar até em um fim da União Européia como conhecemos, pois os bancos daqueles países não poderão arcar com esse contexto e esses países terão que recorrer a empréstimos no estrangeiro. Tanto a Europa quanto os EUA e o Japão devem crescer pouco, cerca de 2% ao ano nos próximos anos, devido em parte à sua população esclerosada em declínio e às crises que vem se sucedendo.

E quem sofrerá também serão os países emergentes chamados BRIC's (Brasil, Rússia, Índia e China). A China é o principal deles e penso que será quem sofrerá mais. Uma crise entre os países desenvolvidos significará menor demanda pelas commodities, sendo que China e Brasil serão diretamente afetados e o crescimento esperado de 7% a 10% que tanto se fala para os próximos anos poderá ser comprometido.

Eu acredito que estamos vendo hoje o início de uma inversão na ordem mundial. Países europeus e os EUA deixaram de poupar e passaram a gastar mais. Eles vem tendo seus déficits em conta corrente. No caso dos EUA sendo financiados pela China que tem o interesse de manter sua moeda desvalorizada para manter suas exportações competitivas e faz reserva de dólares. Entretanto, a China tem como calcanhar de aquiles um consumo interno pouco desenvolvido, que representa apenas 36% de seu PIB. Se os países importadores de seus produtos não crescem, a China não vende e não poderá recorrer ao consumo interno para amenizar o problema. Mas para tapar o sol com a peneira, o governo chinês está forçando o empréstimo a torto e a direito às empresas estatais para continuarem fazendo investimentos na produção e estocarem commodities.

Mercado de Ações

A ação VALE5 é, na minha opinião, talvez o melhor papel para o médio prazo. A Vale do Rio Doce tem como principal cliente a China. Embora a China não cresça com tanto vigor quanto antes, ainda cresce muito e mantém sua política de investimento na produção. Se a China está bem, a Vale está bem. Além disso se espera que várias nações do mundo todo venham a renovar seus estoques no médio prazo.

Dessa forma, a alta procura pela commodity vai elevar seu preço até o final do ano, fazendo com que a Vale valorize muito seu papel e aumente consideravelmente seus lucros.

Nesta semana, a Vale do Rio Doce divulgou seus resultados e foi bem, como esperado. Além disso, a precificação do minério, com aumento de cerca de 100%, foi bem aceita pelo mercado, segundo executivo da própria empresa.

Eleições

Aproveito para levantar a bola a você. Após a eleição do Lula, representante do PT, verificamos que a política econômica se manteve igual, com o mesmo presidente do Banco Central, eleito na época a deputado pelo PSDB.

Você acha que hoje a política no Brasil está descolada da economia?

Acho uma questão importante em tempos de eleição, principalmente pelo medo do radicalismo que anda na sombra da Dilma Roussef.

Você acha que, não importando o candidato vencedor nessas eleições, a política econômica se manterá semelhante nos próximos 4 ou 8 anos?

13 comentários:

Claucio Brião disse...

Bruno, boa tarde.
Qual seu e-mail de contato.
Segue sugestão de pauta para o blog. Abraço.

Claucio Brião
(51) 3227-9444

Leonardo Machado disse...

Olá, tudo bem? Parabéns pelo blog! Nós identificamos sua ótima iniciativa on-line e pensamos em compartilhar com você nossa nova série de animação que fala sobre assuntos que são de nosso interesse, dos seus leitores e deveriam ser de toda a sociedade: consumo consciente e sustentabilidade. A série de 10 episódios é “Consciente Coletivo” e estreou dia 8 de setembro. Os 5 primeiros programas estão disponíveis no nosso site (www.futura.org.br/conscientecoletivo). Também preparamos alguns conteúdos extras como papéis de parede pro computador, avatares, assinaturas de email e twibbon para quem quiser mergulhar na campanha. Confira lá e fique à vontade para divulgar. A ideia é formar um grande “consciente coletivo” pelo meio ambiente na internet! Grande abraço! Leonardo Machado, Coordenador de Novas Mídias do Canal Futura

Pablo disse...

Sei que não tem muito a ver…
Mas o Código Florestal passou por mudanças e acho legal todo mundo chamar atenção pra isso ;)

Dá uma olhada:
http://twitter.com/#!/Infraprev/status/27855604989

Abs

Anônimo disse...

Oi! Gostei muito do seu blog! parabéns! estou procurando idéias de como aplicar responsabilidade socioambiental dentro de uma universidade, se tiver algum material à respeito por favor me envie!

mari_souza16@yahoo.com.br

Obrigado!!!

Leite disse...

Prezado Bruno Serafim,

Faço parte da equipe do Blog "Testando os limites da sustentabilidade", cujo o objetivo é analisar a qualidade dos balanços de sustentabilidade apresentados pelas empresas, a qualidade das ações sustentáveis, bem como a capacidade de resposta das organizações para com os questionamentos sobre o referido tema.

Visto que você se interessa também sobre este tema, segue abaixo o link do nosso blog que poderá servir de material de pesquisa para futuras matérias sobre sustentabilidade.

http://testandooslimitesdasustentabilidade.blogspot.com/

Atenciosamente,

Roberto Leite.

AMSLOG disse...

Olá, como vai?

Antenados com a sustentabilidade a empresa AMSLOG também está fazendo a sua parte em
contribuição com o meio ambiente. A cada embarque, plantamos uma arvore! E atingindo a
nossa meta, dobraremos esse número!

A natureza só ganha com isso!

O interessante é que quem embarca conosco contribui para o reflorestamento da mata
atlântica sem gastar mais com isso. Se cada um fizer sua parte mesmo com pequenas ações,
poderemos fazer uma grande influência no futuro do planeta.

Tainá Pio disse...

Bruno, por favor me passe seus contatos para o encaminho de sugestoes de pauta.

Abrações

email: tainapio@gmail.com

Adriane Souto disse...

Oi Bruno! Estou conhecendo seu blog agora e gostei ;)
Estou te seguindo.
Se quiser me seguir:

www.adrianesouto.blogspot.com

parabéns, abraço

Rosemeide Ferreira disse...

Olá parabéns pelo blog. Sou do meio ambiente e procuro a cada dia conscientizar as pessoas da necessidade de se preservar.
Visite meu blog e veja meu trabalho www.ilhamaraba.blogspot.com
abraços

Guilherme da Luz disse...

Olá Bruno,

Parabéns pelo seu portal sobre Investimentos e Sustentabilidade que tem um grande prestígio na web.

Fiquei surpreso que você não atualizou o seu site desde 2010 e ele continua sendo muito bem destacado na web. Gostaria muito de saber sobre seus planos em relação a este domínio. Você tem o interesse de vender o site? Aceitaria uma proposta de parceria onde eu poderia publicar artigos originais no seu site como colaborador?


Sou editor de um dos maiores portais de empréstimos e finanças na web (Emprestimo.org), além dos portais Faculdade.net e SeguroAuto.org. Estou também desenvolvendo um outro portal sobre investimentos. Nossos sites tem em média 800 leitores diariamente.


Aguardo o seu contato para uma futura parceria.


Um abraço,


Guilherme da Luz

RotoJet Desentupidora Curitiba disse...

Parabéns pelo blog, ótimas matérias! Me surpreendi com as datas dos últimos posts, apesar do blog não receber atualizações frequentes continua sendo muito bem conceituado pelos meios de pesquisa.

RotoJet Desentupidora Curitiba
(41) 3345-7495
http://rotojetdesentupidora.com.br/

Capital Desentupidora Curitiba disse...

Consciência acima de tudo! As mudanças no Código Florestal devem ser feitas, entretanto de nada adiantará se as pessoas não procurarem se informar sobre o assunto!
Parabéns pelo blog! Apesar dos períodos sem atualização, sua página continua a ter muita credibilidade.

Capital Desentupidora Curitiba
http://www.desentupidoracapital.com.br/

lucasogrib disse...

Olha esse modelo de negocio que lançaram une exatamente o consumo com a sustentabilidade,o nome do site se chama Uvaia www.uvaia.com.br ,e é uma rede social de consumo sustentavel,com marketing multinivel e compras remuneradas em dinheiro vivo...muito bacana essa ideia da uma conferida...abrcs