28 de março de 2010

Lixo eletrônico


Segundo estudo realizado pelas Nações Unidas, o Brasil tem a maior produção de lixo eletrônico entre 11 países em desenvolvimento. Um brasileiro descarta por ano, segundo o estudo, em média 0,5 quilo de lixo eletrônico, no qual se incluem computadores, celulares, impressoras, televisores e refrigeradores.

Este lixo pode ser considerado valioso e ao mesmo tempo perigoso. Nele podem ser encontrados substâncias de valor significativo como o ouro, a prata, o cobre, a platina, o cobalto, o níquel e o silício, entretanto, substâncias tóxicas também são encontradas, como o chumbo, o mercúrio e o cádmio.

Tais substâncias tóxicas são encontradas em pequena quantidade nos dispositivos eletro-eletrônicos mas, quando estes são armazenados em grandes quantidades e em condições impróprias, podem contaminar o solo, a água e os esgotos, acabando por possivelmente contaminar também a população, mesmo que esta não tenha contato direto com esses resíduos eletro-eletrônicos.

A inclusão digital promovida pelo Brasil, o aumento do poder aquisitivo das classes mais baixas e o barateamento da tecnologia formam um ambiente propício para que o Brasil se torne um enorme produtor de resíduos eletrônicos nos próximos anos. Entretanto, a ausência de políticas públicas de gestão desses resíduos, que atribuiria a responsabilidade de se estabelecer uma logística reversa desses equipamentos a quem produz, importa, distribui ou vende, pode causar grandes problemas futuros para se lidar com estes resíduos, podendo implicar deterioração da saúde pública.

Atualmente já há algumas possibilidades para se dar um destino correto para tais equipamentos. Confira na lista abaixo, fornecida pelo Jornal da Folha de São Paulo, em 24 de março de 2010:

8 comentários:

Iêda Diniz disse...

Parabéns pela iniciativa, adorei seu blog! Quanta informação...

Juh Apolinário disse...

Tenho que parabenizar também.
Eu e meu grupo estamos começando um blog sobre o meio ambiente e estamos conhecendo os blog já existentes.E o seu eu achei mutio interessante, completo de informações, muito legal mesmo.Gostei muito! Vou deixar o endereço do nosso blog, se tiver um tempo passar por lá...pode deixar seu cometários com dicas, sugestões, criticas, qualquer coisa que será bem vindo!!!

http://naturezaempanico.zip.net

Bruno Serafim disse...

Obrigado pelos comentários, Juliana e Iêda. Sugiro que me sigam pelo Twitter para ficarem a par sempre que eu publicar novos textos aqui neste blog. Meu usuário é BrunoSerafa. Fico à disposição para dúvidas e sejam bem-vindas.

Renata disse...

Gostei muito seu blog!Tenho também um "http://aartedemodificar.blogspot.com", nele tento como você demonstrar a importância da preservação ambiental, caso puder trocar informações será muito bacana.

basura electronica disse...

Uma alternativa para os problemas ambientais dos resíduos eléctricos e electrónicos, equipamento de reciclagem de REEE é a construção.
Em http://www.redsolenergy.com nós concepção e construção de instalações de reciclagem, eliminando o principal problema dos resíduos de resíduos eléctricos e electrónicos REEE de equipamentos. Nossas instalações e projetos para evitar que o ambiente emitem grandes quantidades de CO2, evitar problemas de resíduos, para eliminar focos da doença e criar empregos sustentáveis.
Nós trabalhamos na construção de fábricas na Europa e América.

Equipe eCycle disse...

Uma proposta!

Olá,

Somos da eCycle, um novo portal de consumo consciente e estamos na luta para divulgar nossa iniciativa.

O www.ecycle.com.br é um site que tem o objetivo de oferecer opções de descarte para pessoas que não sabem o que fazer com objetos do dia a dia, como computadores, celulares, televisores, caixas de leite, cadernos e mais um monte de coisas que você confere aqui. Além disso, é possível conhecer tudo sobre um determinado material, desde suas propriedades nocivas à Terra, até como e onde descartá-lo para evitar problemas ambientais.

Mas não é só isso! Também produzimos matérias e artigos que têm a ver com essa preocupação, cada dia mais evidente, de consumir com consciência.

Achamos seu blog bem bacana e, se você curtir o nosso também, a gente te convida a nos ajudar na divulgação dessas idéias e soluções na blogosfera, em apoio a uma relação com o consumo mais equilibrada, com uma pegada mais leve.

Um abraço,
Equipe eCycle

mandy disse...

que pena que eu visitei o seu blog tarde :( mas eu adorei..me ajudou muito quando fui fazer minha redação..bjs

Anônimo disse...

Boa tarde Bruno,

Muito legal seu artigo referente ao crédito de carbono, estou elaborando um projeto de pesquisa e gostaria de saber onde encontro informação específica sobre negociações de crédito de carbono entre 2006/ 2009 e onde você conseguiu informações sobre a queda dos preços do crédito de carbono.

Caso possa me ajudar segue meu contato, de qualquer forma, muito obrigado.

cdengucho@ig.com.br

Celso.

Atenciosamente,

Celso Dengucho